IgrejaSantos & Devoções

São Valério de Treviri

Valério nasceu na Alemanha do século III. Era auxiliar do primeiro bispo de Treviri (atual Tries), Eucario, e depois do seu sucessor, Materno, ambos canonizados como grandes apóstolos da Alemanha. Por fim, ele mesmo assumiu o bispado. Registros do Vaticano afirmam que converteu multidões de pagãos, e que realizou milagres “singelos e expressivos”, o mais importante dos quais provavelmente foi a ressurreição de Materno, com o toque do bastão episcopal.

O já falecido Eucario o teria avisado, em sonho, da sua morte em 29 de janeiro. Ele realmente faleceu neste dia, mas em ano ignorado, no início do século IV. É padroeiro de muitas cidades.

Hoje também se comemora São Valério, bispo de Ravena, Itália, falecido em 15 de março de 810, por causa do erro de um copista que, em 1286 no Vaticano, excluiu a data de março, confundindo os dois bispos como sendo o mesmo e assumindo que a data mais antiga, de janeiro, já bem conhecida e comemorada por peregrinos e devotos, era a correta. São Valério de Ravena combateu a heresia ariana.

Reflexão:
Nos inícios do Catolicismo, era comum que os Papas fossem santos, em grande parte mártires, e de São Pedro a São Félix IV, pontífice entre 526-530, todos foram canonizados (54 em sequência ininterrupta). Muitos bispos deste período, igualmente, também foram elevados à honra dos altares. Firmar a Igreja no mundo pagão de então era obra de gigantes da Fé, e a suma importância dos bispos, sucessores dos Apóstolos, como pastores do rebanho, exigia elevada correspondência às graças a Deus.

Assim vemos três santos bispos em sucessão direta nas terras germânicas do III século, que tiveram o privilégio de se conhecer e trabalhar proximamente, auxiliando-se mutuamente. Exemplo forte e necessário para a Igreja atual, pois independentemente dos séculos, a origem e função dos pastores diante de Deus e do rebanho é a mesma.

Como são necessários os bispos que convertam multidões e sejam canais para os milagres do Senhor, na atualidade de novos ídolos pagãos e perseguições à Igreja. Rezemos pelos nossos bispos e sacerdotes, pelo Papa, por muitas, novas e santas vocações, bem como pela nossa própria e diária conversão.

Oração:
Senhor Deus, nosso Pai e Bom Pastor, concedei-nos pela intercessão de São Valério de Treveri ressuscitarmos para a Vida em Cristo, pela confissão sincera dos pecados e pelo empenho em levar a Vossa Boa Nova a todos os irmãos, rejeitando e combatendo – como São Valério de Ravena e por suas preces – os erros que tentam se infiltrar na Doutrina que pelo Espírito Santo Vos dignastes a nos transmitir. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, e Nossa Senhora. Amém.

source

Postagens relacionadas

São Filipe Néri

Lua

Partilhar uma experiência viva da fé

São Jorge

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Politica de privacidade & Cookies