Dogmas Mariano

Dogmas Marianos

1. OS DOGMAS CRISTÃOS NÃO SÃO verdades de difícil compreensão, na área da doutrina ou da moral, determinadas pela autoridade máxima da Igreja, que devem ser acolhidas cegamente, sem questionamentos.

2. Na Igreja OS DOGMAS SÃO IMPORTANTES, porque ajudam os cristãos a se manterem fiéis na fé genuína do cristianismo. “Os dogmas são como placas que indicam o caminho de nossa fé. Foram criados para ajudar a gente a se manter no rumo do Santuário vivo, que é Jesus” (CNBB. Com Maria, Rumo ao Novo Milênio. pág. 81). “O dogma nasce na Igreja, que acolhe a Palavra de Deus, aprofunda e evolui na compreensão do dado revelado”.

3. A REVELAÇÃO DE DEUS CHEGOU A SEU PONTO MÁXIMO EM JESUS CRISTO. Já não há mais novos livros revelados a serem escritos ou novas verdades divinas a serem comunicadas. Jesus, porém, nos deixou O ESPÍRITO, QUE NOS CONDUZ À VERDADE PLENA. O Espírito recorda o que Jesus nos disse e nos ajuda a compreender com MAIS PROFUNDIDADE A REVELAÇÃO DIVINA E A VERDADE DE NOSSA FÉ (Jo 16, 12-13). Portanto, a interpretação da revelação continua aberta.

4. A Igreja, no correr dos seus quase dois mil anos de existência, assemelha-se a um grande rio, no qual as águas da única fonte, que é a Bíblia, vão se enriquecendo com a Tradição. Cabe ao magistério, os bispos unidos ao papa, REGULAR ESSE PROCESSO DE INTERPRETAÇÃO E EVOLUÇÃO, que as comunidades produzem no correr de sua história em diferentes épocas e culturas.

5. O TERMO “DOGMA” PROVÉM DA LÍNGUA GREGA, “DÓGMA”, QUE SIGNIFICA “OPINIÃO” E “DECISÃO”. No Novo Testamento, é empregado no sentido de decisão comum sobre uma questão, tomada pelos apóstolos (cf. At 15,28). Os Padres da Igreja, antigos escritores eclesiásticos, usavam dogma para designar o conjunto dos ensinamentos e das normas de Jesus e também uma decisão da Igreja. Paulatinamente, a Igreja, com o auxílio dos teólogos e pensadores cristãos, precisou e esclareceu o sentido do dogma.

6. Na linguagem atual do Magistério e da Teologia, O ‘DOGMA’ É UMA DOUTRINA na qual a Igreja, quer com um juízo solene, quer mediante o magistério ordinário e universal, propõe de maneira definitiva uma verdade revelada, em uma forma que obriga o povo cristão em sua totalidade, de modo que sua negação é repelida como heresia e estigmatizada com anátema.

7. Definidos pelo magistério da Igreja de maneira clara e definitiva, os dogmas são verdades de fé, contidas na Bíblia e na Tradição.

OS DOGMAS MARIANOS

Postagens relacionadas

Maternidade divina de Maria

Lua

Dogmas Marianos

Eraldo

Assunção Gloriosa da Mãe de Deus

Lua
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Politica de privacidade & Cookies