AcólitosIgreja

Responsabilidades do Acólito na Missa.

As ocupações de leigos ocupa um papel importante na evangelização. Na dinâmica celebrativa sempre houve um espaço reservado aos coroinhas e acólitos (nome popular dado ao coroinha que já passou da adolescência): crianças e adolescentes que, a partir de uma disponibilidade muito particular, propõe-se a ajudar nas missas e celebrações nas igrejas e comunidades com diferentes funções que são:

Turiferário 
Turiferário é o nome dado ao acólito que é responsável por manusear o turíbulo durante a missa festivas ou dominicais. O turibulo vai à direita da naveta, formando assim o cortejo de entrada.

Naveteiro 
É aquele que conduz a naveta na procissão, usada para guardar incenso que será colocado no turíbulo.

Ceroferário ou Ceriferário 
aquele que carrega as velas ou lanternas durante as celebrações. Quando as velas vão na procissão de entrada, os ceroferários são os primeiros ao lado do cruciferário, vindo atrás apenas do turiferário e do naveteiro.

Cruciferário 
É o acólito ou coroinha que carrega a cruz processional durante a entrada e saída do presbitério.

Baculífero 
É quem leva o báculo do bispo e fica também atrás do bispo nas procissões de entrada e saída.

Mitrífero 
É aquele que leva a mitra e o solidéu no hora do momento eucarístico na missa e fica também atrás do bispo nas procissões de entrada e saída.

Librífero 
Coroinha ou acólito encarregado de conduzir e apresentar os livros sagrados (Missal, lecionário, Bíblia, Evangeliário) usado durante as cerimônias litúrgicas. O librífero apresentam os livros segurando com as duas mãos.

Cerimoniário 
Cerimoniário é encarregado da organização e direção dos ofícios litúrgicos, mestre de cerimonias.

Acólito ou coroinha 
Jovem que auxilia nas funções litúrgicas no altar.

RESPONSABILIDADES DO ACÓLITO.

  • Participar de reuniões, missas e demais compromissos assumidos
  • Ser cuidadoso com as coisas da igreja e do altar.
  • Durantes os atos litúrgicos, evitar conversas, risos ou brincadeiras
  • Ser pontual, chegar 30 minutos antes da missa começar
  • Tratar os paramentos e objetos litúrgicos com respeito como objetos destinados ao culto divino
  • Cultivar o gesto pela oração e ler um trecho da bíblia a cada dia.
  • Observar o silêncio na igreja e na sacristia. E mantenha a concentração, principalmente antes de começar o ato litúrgico.
  • Ser organizado. Estar sempre limpo, cabelo penteado e preso, calçados e roupas bem arrumadas.
  • Ser humilde e prestar atenção ao que lhe for ensinado.
  • Dedicar-se ao estudo da liturgia, a fim de celebrar cada vez melhor.

Postagens relacionadas

São Roberto Belarmino

Lua

Dom do temor de Deus

Lua

Santo de devoção: seguir os seus passos nos levam a Deus

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Politica de privacidade & Cookies