Outros assuntosPastorais&Movimentos

Escola Bíblico-Catequética

Instituída em março, a Escola Bíblico-Catequética São José de Anchieta, da Arquidiocese de São Paulo, iniciará suas atividades no sábado, 29. Essa iniciativa pretende proporcionar a compreensão da identidade, da vocação e da missão do catequista no exercício de seu ministério, para saber construir um itinerário de Catequese com inspiração catecumenal e que sua presença e serviço sejam um sinal eficaz de adesão ao projeto de Jesus Cristo.

A escola também corresponde às orientações dadas pela Santa Sé para a formação dos catequistas, após o Papa Francisco, em 2021, tornar esse serviço um dos ministérios instituídos pela Igreja.

O jornal O SÃO PAULO responde algumas dúvidas referentes à iniciativa.

A QUEM SE DESTINA?

Leigos catequistas que já atuam há pelo menos cinco anos nas paróquias e comunidades da Arquidiocese. Apenas os catequistas previamente inscritos poderão participar dos encontros, mediante a carta de apresentação do pároco. Com exceção da Região Sé, não haverá inscrição no local.

ONDE ACONTECERÃO AS AULAS?

A formação será presencial sempre nos últimos sábados do mês em cada região episcopal, podendo haver a possibilidade de algumas atividades complementares na modalidade on-line.

QUEM SÃO OS FORMADORES?

A formação será ministrada pelos padres assessores das regiões episcopais: Padre Paulo César Gil, Padre Sílvio Costa Oliveira, Padre Eduardo Binna, Padre Geraldo Raimundo Pereira, Padre José Lino Mota Freire e o Diácono Márcio José Ribeiro.

QUAIS TEMAS SERÃO ABORDADOS?

QUAIS SÃO OS CRITÉRIOS PARA A INSTITUIÇÃO DO MINISTÉRIO DE CATEQUISTA?

  • Ser escolhido pelo pároco e coordenação paroquial – em diálogo com a comunidade eclesial (coordenação paroquial da IVC e outros grupos);
  • Ter no mínimo 20 anos de idade e acima de cinco anos de atuação na Catequese;
  • Ter uma formação básica;
  • Ter participado da formação específica e imediata para a recepção do ministério (nas regiões episcopais – 1 ano: encontros formativos e retiro);
  • Estar ciente de sua importância para a vida da comunidade e de seu ministério a serviço da evangelização;
  • Ter claro que o seu ministério não é um prêmio, mas fruto de seu testemunho de fé e de vida comunitária;
  • Estar disponível para participar dos projetos de formação continuada em preparação da renovação do ministério (a cada 5 anos);
  • Antes de receber o ministério instituído, cada candidato passará pelo escrutínio de avaliação com o bispo e/ou equipe designada.

Outras informações sobre a Escola Bíblico-Catequética São José de Anchieta podem ser solicitadas pelo e-mail: ebicatjosedeanchieta@gmail.com

Postagens relacionadas

Instituição do Ministério do Catequista começa a ser delineada

Eraldo

A catequese na comunidade eclesial e no mundo

Lua

Bíblia e catequese serão temáticas abordadas em evento que celebra os 40 anos do documento “CATEQUESE RENOVADA”

Eraldo

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Politica de privacidade & Cookies