CatequeseOutros assuntos

Catequista intinerante na evangelização

Estamos retornando com a nossa catequese presencial. Dom Joaquim Mol, bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte e assessor do Secretariado Bíblico-Catequético, na live realizada no dia 30 de janeiro, convidou-nos para uma retomada dos encontros presenciais com muita coragem e com vigor. Nossos catequizandos, ou seja, nossa comunidade de catequizandos nos aguardam, também corajosamente e ansiosos pela Palavra de Deus.

Assim nos diz o texto base do 3º ano vocacional do Brasil: com “coração ardentes e pés a caminho” continuamos nossa missão de encantar famílias, crianças, adolescentes, jovens e adultos, para que sejam capazes de sonhar e se entregar, com generosidade e vigor, a serviço do Reino, em vossa Igreja e no mundo.

Vamos, ainda, neste mês, responder ao Censo Bíblico-Catequético através do qual a nossa Arquidiocese possa fazer uma nova leitura da realidade nesses novos tempos, e assim oferecer melhores condições, formações e subsídios para ajudar na caminhada de evangelização.

Segundo o documento de Aparecida, n. 298s: “A catequese não deve ser só ocasional, reduzida a momentos prévios aos sacramentos ou à iniciação cristã, mas sim ‘itinerário catequético permanente’. A catequese não pode se limitar a uma formação meramente doutrinal, mas precisa ser uma verdadeira escola de formação integral”.

Partindo desse princípio catequético, somos convidados a olhar para a realidade comunitária e provocar um itinerário catequético, priorizando os adultos. A evangelização, orientada na direção dos adultos, contribui para que eles assumam, na sociedade e na Igreja, um trabalho diferenciado da prática cristã, formando homens e mulheres amadurecidos na fé.

O documento “Catequese Renovada” em seu n. 181 nos fala da importância do homem e da mulher adultos que são chamados a refletir em si mesmo e na convivência com os irmãos, o mistério divino da comunhão, através de uma atuação que chegue a transformar o mundo; um homem e uma mulher parceiros de Deus, com quem conversa e passeia; pessoas fiéis ao plano da criação, vivendo numa perfeita harmonia com o próprio Deus; são eles que fazem sua adesão pessoal à pessoa de Jesus Cristo e responde à sua proposta de caminhada.

Postagens relacionadas

Comissões episcopais para a catequese participam de amplo processo de escuta sobre instituição do Ministério de Catequese

Eraldo

Cinco dados sobre o novo ministério de catequista

Eraldo

Encontro: 1ª Eucaristia-2

Eraldo

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Politica de privacidade & Cookies